Instalando o MySQL no VPS

Dando continuídade aos nossos artigos sobre o preparo e instalação dos programas que compõe o LEMP em um VPS de 5 dólares da Digital Ocean, você aprenderá como instalar o banco de dados MySQL em seu VPS. Confira nos links abaixo as textos anteriores:

1. Primeiros passos para configurar um VPS para o WordPress
2. Instalando o NGINX no VPS

Mas antes disso, quero explicar que apesar de estar me referindo ao MySQL, estarei explicando a instalação do banco de dados MariaDB, que é compatível com o MySQL. De acordo com a Wikipedia: MariaDB é um banco de dados que surgiu como fork do MySQL, criado pelo próprio fundador do projeto após sua aquisição pela Oracle. O Google está seguindo a mesma trilha de projetos como a Wikipedia e distribuições como a SUSE e trocando o MySQL pelo seu fork MariaDB. O Google também está colaborando com a MariaDB Foundation, incluindo o desenvolvimento de recursos no software que permitam a migração.

De qualquer maneira, instalação é idêntica, bastando trocar o pacote mariadb-server por mysql-server.
Continue lendo “Instalando o MySQL no VPS”

Instalando o NGINX no VPS

Se todos seguiram com atenção o ultimo post sobre os “Primeiros passos para configurar um VPS para WordPress“, já temos a nosso sistema pronto para a instalação do chamado L.E.M.P. (Linux, Engine X, MySQL, PHP). Mas o que diabos é esse tal de engine-x ? É apenas a pronuncia em inglês do servidor web NGINX! 🙂

Então, esses são os passos para a instalação do LEMP:

1. Configuração do Linux Ubuntu 14.10;
2. Instalação do Engine X (nginx);
3. Instalação do MySQL;
4. Instalação do PHP;

Neste artigo, eu irei guia-lo na instalação e configuração dos itens 1 e 2. Os itens 3 e 4 serão tratados em outros posts, pois é muita informação. Não se assustem, é fácil instalar, mas eu quero que vocês entendam o que estão fazendo, pois manter um VPS bem configurado e seguro requer muita atenção nos detalhes.
Continue lendo “Instalando o NGINX no VPS”

Primeiros passos para configurar um VPS para o WordPress

Após decidir usar um VPS para meus sites, o próximo passo foi aprender a configura-los de forma satisfatória e com segurança. Não foi fácil, pois há muitos tutoriais e posts em diversos fórums, explicando uma coisa ou outra, mas sempre esquecendo de algum detalhe. Por isso, estou preparando uma série de artigos que irão ajudar a configurar um VPS para rodar o WordPress de forma rápida e eficiente em um droplet de 512MB de RAM da Digital Ocean (por apenas 5 dolares) , rodando Ubuntu 14.10.

Este post será dividido nos seguintes assuntos:

1. Aumentar a segurança do SSH;
2. Adicionar um usuário com privilégios administrativos;
3. Adicionar o UFW;
4. Ativar a memória virtual;
5. Ativar a ZRAM;

Com essa divisão, eu creio que ficará mais fácil aos nossos visitantes encontrar as informações para configurar o Ubuntu 14.10.
Continue lendo “Primeiros passos para configurar um VPS para o WordPress”

Tutorial: Instalando Twonky Media Server na Wandboard

Durante muito tempo eu utilizei um NAS da marca Buffalo, modelo LS-XHL. Um incrível produto, com excelente performance para seu tempo e cujo firmware continha algumas pequenas surpresas, como uma interface gráfica para gerenciar suas configurações e o mais interessante, um servidor de mídia chamado Twonky.

O Twonky é pequeno, rápido e consome pouca memória. É ideal para aqueles que querem apenas assistir a vídeos armazenados em seu NAS em sua TV ou dispositivo móvel como smartphones e tablets, sem a necessidade de instalar muitos programas no NAS.

Eu vou ensinar a instalar o TwonkyMedia rapidamente. Há versões para diversos sistemas, incluindo Windows e para diversos hardwares, como arm Kirkwood, Raspberry PI, armhf e algumas versões específicas para NAS.

Não há uma versão especial para a Wandboard, mas a versão para Raspberry PI é compatível com a Wandboard e roda muito bem.
Continue lendo “Tutorial: Instalando Twonky Media Server na Wandboard”

Como compilar o Kernel 3.0.35_4.1.0 da Wandboard

Este é um guia rápido para auxiliar a compilação do Kernel da Wandboard Quad. Eu vou partir da suposição que vocês já possuam as bibliotecas e programas necessários em seus Linux, assim como esteja usando o cartão microSD no formato “Robert Nelson”.

Vou explicar rapidamente. Robert Nelson é um dos responsáveis por hoje termos acesso fácil ao kernel mainline. Ele mantém um git que é atualizado regularmente com todos os patches para a wandboard. Além disso, ele criou um incrível tutorial e ferramentas que permitiram a toda a comunidade a habilidade de compilar o kernel de forma simples e automatizada. Sem a ajuda dele estaríamos ferrados, pois a equipe de desenvolvimento da Wandboard.org nunca se dispôs a ensinar ou mesmo ajudar aos seus usuários.

# ARM Cross Compiler
1. wget -c https://launchpad.net/linaro-toolchain-binaries/trunk/2013.10/+download/gcc-linaro-arm-linux-gnueabihf-4.8-2013.10_linux.tar.xz
2. tar xJf gcc-linaro-arm-linux-gnueabihf-4.8-2013.10_linux.tar.xz
3. export CC=pwd/gcc-linaro-arm-linux-gnueabihf-4.8-2013.10_linux/bin/arm-linux-gnueabihf-

# Teste se o compilador está instalado corretamente. Se estiver, será mostrado algo como “arm-linux-gnueabihf-gcc (crosstool-NG linaro-1.13.1-4.8-2013.10 – Linaro GCC 2013.10) 4.8.2 20131014 (prerelease)”
4. ${CC}gcc –version
Continue lendo “Como compilar o Kernel 3.0.35_4.1.0 da Wandboard”