Review: Amazon Kindle Paperwhite


KindlePaperwhiteFinalmente, depois de anos e anos de espera, a Amazon chegou no Brasil e de quebra ainda lança o mais famoso leitor de ebooks do mercado, o Kindle.

Até o presente momento, a empresa lançou dois modelos do Kindle: o Básico, que não possui tela iluminada e custa apenas R$ 299,00 – enão possui versão 3G – e o Paperwhite, que possui backlight e que custa R$ 479,00 reais, sem 3G.

Se alguém quiser a versão com conexão 3G, deverá pagar R$ 699,00 reais. Bem nais caro e de utilidade duvidosa.

Eu vou considerar o Kindle PW com e sem 3G como um só modelo, pois sua única diferença é a conexão 3G.

Vamos as diferenças entre os modelos citados:

Kindle Tradicional:
1. Não possui iluminação
2. Não possui touch screen
3. A bateria dura apenas 4 semanas
4. Disponível apenas com wifi

Kindle PW
1. Possui iluminação
2. Possui touch scren
3. A bateria dura 8 semanas
4. Possui versão wifi e 3G

Agora vamos explicar o impacto de cada uma dessas diferenças:


1. Iluminação da Tela: A principal vantagem do Kindle Paperwhite (Kindle PW para os íntimos) é sua tela com iluminação. Quem nunca viu um kindle funcionando, imagine a tela de uma calculadora tradicional. Agora tente enxergar os números em um ambiente com pouca claridade. Fica difícil enxerga-los.

O impacto da falta do backlight no Kindle é sentido em ambientes pouco iluminados ou mesmo quando tentamos utiliza-los em ambientes com variação de luz como um corredor de um prédio comercial. Não é o melhor dos exemplos mas eu acho que dá para entender: o Kindle tradicional é para ser usado em ambientes bem iluminados. Ou então para quem adora ler em uma praça pública, pegando aquele gostoso solzinho da manhã.

Com o Kindle PW, essa limitação deixa de existir, pois ele possui backlight. Sua tela se ilumina por igual (nem tanto, mas falaremos disso mais a frente) e permite ajuste de brilho. Com isso, se você quiser ler de madrugada em seu quarto, com tudo escuro, basta você ativar o Kindle PW e alterar o brilho até que seja confortável aos seus olhos. Durante o dia, bastará diminuir o brilho até alcançar o ponto certo de conforto visual x visibilidade.

Ainda sobre a iluminação da tela, os Kindle Paperwhite costumam apresentar vazamento de backlight (backlight bleeding), mais precisamente no canto inferior esquerdo. Isso é normal e também afeta os americanos.

Vazamento de luz no Kindle PW

2.Touch Screen x Botões: O maior problema dos botões no Kindle tradicional é sua durabilidade. Todo equipamento que possui botões que devam ser pressionados muitas vezes, como um mouse ou o botão liga e desliga de um monitor, por exemplo, vai falhar. Não importa o frabricante, se é americano, chinês ou japonês, o desgaste é natural. E é por isso que o Kindle PW, com sua tela touchscreen é superior.

Em Kindle PW, basta tocar a tela para mudar a página. Um toque mais demorado irá carregar o dicionário. Um toque no topo da tela abrirá a barra de ferramentas. Tudo tão simples quanto um smartphone.

3. Duração da bateria: Vamos por partes… A menos que você apenas leia no banheiro com seu Kindle, eu creio que seu tempo de leitura médio será maior do que 30 minutos. Afinal, com a chance de carregar uma biblioteca inteira, porque se limitar a ler apenas quando a natureza chama pelo número 2 ? Logo, a duração informada da bateria, ou seja, 1 mês para o Kindle tradicional e 2 meses para o Kindle PW, não corresponde a realidade de uso de alguém que goste de ler.

Dito isso, eu sofro de insônia e ler é ótimo para esvaziar a mente e relaxar. Por isso adquirí o hábito de ler por cerca de 1 hora por noite (de um total de aproximadamente 2 horas de leitura por dia). Graças a minha insônia, pude constatar que a bateria realmente dura pelo menos 1 mês e meio sem recarregar e com o brilho baixo. E não esqueçam que assim como um aparelho celular, o brilho da tela, o uso de redes wifi e 3G, contribuem para que a bateria dure menos.

4. Wifi ou 3G: Simples e direto: não vale a pena comprar o Kindle PW 3G, simplesmente porque o Kindle não é um tablet. E isso deve ficar bem claro: o Kindle não serve para acessar sua página no Facebook. Por isso, a conexão 3G serviria apenas para baixar livros do sistema da Amazon ou comprar livros diretamente do site otimizado para Kindle da Amazon. Não vale a pena. É mais prático e rápido comprar livros via Wifi em sua casa ou então simplesmente conectar o Kindle via cabo USB e passar os ebooks para o aparelho. Simples e mais rápido.

Kindle  BackLight Maximo

E o 3G ainda tem mais uma desvantagem, que é o seu alto preço. O Kindle PW 3G custa R$ 699,00, contra R$ 479,00 do modelo sem 3G. Pagar praticamente 50% a mais apenas para baixar livros em qualquer lugar ? Para mim não vale. Se a diferença fosse apenas uns 30 ou 50 reais, sim valeria. Mas 200 reais não justifica.

Minha conclusão: Entre o Kindle tradicional e o Kindle PW, fique com o Kindle PW, modelo wifi. Será um dinheiro bem empregado em um equipamento de boa qualidade e muito útil. Depois que eu comprei meu Kindle PW, nunca mais comprei um livro em papel. Agora tenho que ver como vou vender meus livros para poder liberar espaço na estante.